• menu
  • fechar
  • Dona Juju – Por Júnior Rebouças

    Dona Juju, nossa mãe

    Viúva que se entregou
    Aos filhos criar
    Dedicou-se à educação lhes dar
    Dona Juju muito batalhou

    Personalidade forte
    Com autenticidade e autonomia
    Assim educou sua cria
    Hoje os filhos tem norte

    Dedé sempre a ajudou
    Não só na educação
    Dos irmãos a formação
    Foi o primeiro que se formou

    A feira com D. Juju, ele fazia
    Marcos a manutenção do lar
    Júnior na saúde ajudar
    E Ceição a perfumaria trazia

    O tempo se passando
    Necessitando de companhia
    Pra religiosidade pendia
    Foi na igreja se entregando

    Júnior casou e saiu
    Logo depois foi Dedé
    Ceição ficou sua companhia de fé
    E Marcos que nunca partiu

    Com as doenças aparecendo
    Ceição nunca a deixou
    Marcos em momento algum a largou
    Mas saúde esmorecendo

    Brigou até o final
    Nunca se entregou
    Pela vida ela lutou
    Mas o câncer foi fatal

    E ontem não resistiu
    Como anjo se encantou
    Pra outra vida viajou
    Ao céu ela subiu

    Saudade e dor marcaram
    Vamos sempre sentir
    Nós também vamos partir
    Mas os atos de amor e luta é que ficaram

    Júnior Rebouças, 22/06/2020, São José de Mipibu

    por manoelrebjr

    Nenhum comentário

    Seja o primeiro a comentar o tópico.

    Entre na discussão!

    Fique tranquilo, seu email está seguro.